www.amigosdatradicao.com.br
 


 
 
Busca
 
 
Menu
  Página Inicial
Vocabulário
  Oração do Gaúcho
  Adágios Gaúchos
  Anedotas de Gaúcho
  Dicionário Gaúcho
  Ditados Gaúchos
  Expressões Gaudérias
Costumes
  Churrasco
  Culinária
  Chimarrão
Cavalos
  Origem do Cavalo
  Nomenclatura
  Pelagem
  Fotos
Cultura
  As Lendas Gaúchas
  Os Mitos Gaúchos
  Danças Tradicionalistas
  Indumentária Gaúcha
  Tradicionalismo
História
  Cronologia Histórica
  Estrutura de um CTG
  Gaúcho e sua Origem
  Princípios Gaúchos
  Comportamento
  Ética Tradicionalista
  O Tropeirismo
  Formação da Estância
  Guerra dos Farrapos
Poesias
Músicas
  Cifras
  Letras
  Grupos Gaúchos
Galeria de Fotos
 
Participe do Portal
 
 
Receba Notícias por e-mail
 
Nome:
E-mail:

Adicionar Remover

 
Registro da Marca
   
Lista de Ditados
 
  Fogo de palha, chuva de verão e raiva de mulher tem pouca duração
  Fogo morro acima, água morro abaixo e mulher quando quer dar, ninguém segura
  Frio de empedrar água de poço
  Frio de renguear cusco
  Gato que nasce em forninho não é biscoito
  Gaúcho macho e grosso não come carne, rói osso!
  Gaúcho que não churrasqueia é mesmo que mulher-dama que perdeu a xota
  Gordo e pelechado
  Guaipeca não se mete em briga de cachorro grande
  Guri que não teve gonorréia até os quinze anos é puto
  Hablar, no hablo, pero sapieco um pueco
  Ir buscar lã e sair tosquiado
  Isto não é casa de pai Gonzalo, onde a galinha manda mais que o galo
  Jogo de mãos, jogo de vilões
  Ladrão que rouba a ladrão, tem cem anos de perdão
  Macaco velho não mete a mão em cumbuca
  Mais faz quem quer do que quem pode
  Mais há quem suje a casa do que quem a varre
  Mar é igual a campo, com a desvantagem que afunda
  Me dá uma posição porque o negócio está de pé
  Mocotó de colar beiço
  Montado na razão, não se precisa de espora
  Mulher que pita, se não é francesa, é pinguancha
  Mulher só serve pra três coisas, e pras outras duas tem diarista
  Mulher, arma e cavalo de andar, nada de emprestar
  Não abre a mão nem pra espantar mosca
  Não aquento água pra outro tomar mate
  Não digas desta água não beberei
  Não há mal que sempre dure, nem bem que não se acabe
  Não se apanha rato, apertando o rabo do gato
  Não se aperta quem joga e anda em égua
  Não sou branco, mas sou franco
  Não te apodres que domadores não faltam
  Não vou ficar para semente, mas gosto de andar no mundo
  Nem toda mulher é vaca, mas toda vaca é mulher
 
[Página 3 de 6]
 
Páginas:  1 2 3 4 5 6
 
Portal Amigos da Tradição - 2004 | 2017 - WebMaster: Jonatan S. da Costa