www.amigosdatradicao.com.br
 


 
 
Busca
 
 
Menu
  Página Inicial
Vocabulário
  Oração do Gaúcho
  Adágios Gaúchos
  Anedotas de Gaúcho
  Dicionário Gaúcho
  Ditados Gaúchos
  Expressões Gaudérias
Costumes
  Churrasco
  Culinária
  Chimarrão
Cavalos
  Origem do Cavalo
  Nomenclatura
  Pelagem
  Fotos
Cultura
  As Lendas Gaúchas
  Os Mitos Gaúchos
  Danças Tradicionalistas
  Indumentária Gaúcha
  Tradicionalismo
História
  Cronologia Histórica
  Estrutura de um CTG
  Gaúcho e sua Origem
  Princípios Gaúchos
  Comportamento
  Ética Tradicionalista
  O Tropeirismo
  Formação da Estância
  Guerra dos Farrapos
Poesias
Músicas
  Cifras
  Letras
Galeria de Fotos
 
Participe do Portal
 
 
Receba Notícias por e-mail
 
Nome:
E-mail:

Adicionar Remover

 
Registro da Marca
   
Música: Bagual Picaço
 

Certa feita me ajustei

na estância do Seu Ponciano

pra domar um bagual picaço

que beirava cinco anos

crioulo ali dos queimados

lindeiro da terra dura

esse picaço afamado

pingo de linda figura

era o senhor das coxilhas

sem nunca ter visto o laço

tinha por cama as flexilhas

o famoso Bagual Picaço

trouxe junto com a manada

da invernada capororóca

bufando e corcoveando

e coiceando na massaroca

Alcei a perna seguro

no Santo Antônio de prata

já foi escondendo o quengo

no meio das duas patas

saiu berrando e corcovenado

só ouvia o rangir dos bastos

várzeas, canhadas e coxilhas

cruzamos riscando os pastos

ficamos horas estraviados

pras bandas do boqueirão

às vezes perto das nuvens

outras pertinho do chão

se debulhando o endiabrado

do puarva madurão

"inté" parecia um mandado

que vinha rachando o chão


E ao chegar na mangueira

deixei a poeira baixar

enquanto a peonada faceira

mateava a te contemplar

discussões e gargalhadas

lá na frente do galpão

gavolices e patacuadas

das lidas de domação

com jeito botei o laço

golpeando senti o perigo

aos coices e manotaço

passei-lhe o pé de amigo

arregalei as loncas do lombo

daquele picaço enfame

arcado que nem porongo

que dá em cerca de arame


Entregou-se o Rei das Coxilhas

e atende a qualquer upa

ficou bueno de encilha

e bem mancinho de garupa.


Artista/Compositor: Getúlio Silva e Walter Morais

 
Portal Amigos da Tradição - 2004 | 2020 - WebMaster: Jonatan S. da Costa