www.amigosdatradicao.com.br
 


 
 
Busca
 
 
Menu
  Página Inicial
Vocabulário
  Oração do Gaúcho
  Adágios Gaúchos
  Anedotas de Gaúcho
  Dicionário Gaúcho
  Ditados Gaúchos
  Expressões Gaudérias
Costumes
  Churrasco
  Culinária
  Chimarrão
Cavalos
  Origem do Cavalo
  Nomenclatura
  Pelagem
  Fotos
Cultura
  As Lendas Gaúchas
  Os Mitos Gaúchos
  Danças Tradicionalistas
  Indumentária Gaúcha
  Tradicionalismo
História
  Cronologia Histórica
  Estrutura de um CTG
  Gaúcho e sua Origem
  Princípios Gaúchos
  Comportamento
  Ética Tradicionalista
  O Tropeirismo
  Formação da Estância
  Guerra dos Farrapos
Poesias
Músicas
  Cifras
  Letras
Galeria de Fotos
 
Participe do Portal
 
 
Receba Notícias por e-mail
 
Nome:
E-mail:

Adicionar Remover

 
Registro da Marca
   
Música: Cheiro de Galpão
 

C G7 C





                                 
G7

Esta vaneira tem um cheiro de galpão

                              
C

Que reascende meu olfato de guri

          Am                   
G7

É pau-de-fogo da memória dos fogões

                                   
C

Essência bugra que me trouxe até aqui



                                 
G7

Essa vaneira tem um cheiro chimarrão

                               
C

De seiva xucra derramada no braseiro

            Am                  
G7

Quando a fumaça do angico se mistura

                                 
C      Bis

Com um odor de figueirilha no palheiro

Int.

                                 
G7

Esta vaneira tem um que de quero mais

                                 
C

Que reativa o paladar que já foi meu

            Am                  
G7

Relembra a rapa da panela que furou

                               
C

E no cantinho da memória se perdeu



                             
G7

Esta vaneira tem sabor de araçá

                            
C

Jabuticaba, guabiroba, ariticum

          Am                      
G7

Por isto lembro o tempo bueno de piá

                              
C      Bis

Enlambuzado de pitanga e guabijú

Int.

                               
G7

Esta vaneira tem um dom de reviver

                                
C

Fazer as cores que o tempo desbotou

           Am                    
G7

Sentir as formas que o tato esqueceu

                                    
C

E ser de novo o que eu fui e já não sou



                                 
G7

Esta vaneira tem um que de nostalgia

                                     
C

Que traz de volta o romantismo do cantor

       Am                        
G7

Revigorando um coração que endureceu

                                  
C

E não queria mais ouvir falar de amor

Int.

 


Artista/Compositor: Os Monarcas

 
Portal Amigos da Tradição - 2004 | 2020 - WebMaster: Jonatan S. da Costa