www.amigosdatradicao.com.br
 


 
 
Busca
 
 
Menu
  Página Inicial
Vocabulário
  Oração do Gaúcho
  Adágios Gaúchos
  Anedotas de Gaúcho
  Dicionário Gaúcho
  Ditados Gaúchos
  Expressões Gaudérias
Costumes
  Churrasco
  Culinária
  Chimarrão
Cavalos
  Origem do Cavalo
  Nomenclatura
  Pelagem
  Fotos
Cultura
  As Lendas Gaúchas
  Os Mitos Gaúchos
  Danças Tradicionalistas
  Indumentária Gaúcha
  Tradicionalismo
História
  Cronologia Histórica
  Estrutura de um CTG
  Gaúcho e sua Origem
  Princípios Gaúchos
  Comportamento
  Ética Tradicionalista
  O Tropeirismo
  Formação da Estância
  Guerra dos Farrapos
Poesias
Músicas
  Cifras
  Letras
Galeria de Fotos
 
Participe do Portal
 
 
Receba Notícias por e-mail
 
Nome:
E-mail:

Adicionar Remover

 
Registro da Marca
   
Música: Cancioneiro das Coxilhas
 

C G7 C





                   
G7                 
C

Quando eu saio a cavalo montado no meu baio

              
G7                    
C

Cortando as coxilhas eu não acho atrapalho

                 
G7                   
C

Com a gaita na garupa pois eu a sempre tenho

                   
G7                      
C

Vou dizendo quando saio só não sei é quando venho

Int.

                
G7                    
C

Atravesso as canhadas só na marcha troteada

            G7                 
C

E numa boa sombra eu faço a seteada

                
G7                
C

Eu abro a minha gaita e dou uma cantada

                
G7                 
C

De coxilha em coxilha só se ouve a toada

Int.

                 
G7                     
C

E quando é de tardinha e o sol já vai entrando

                   
G7                   
C

Na casa de um fazendeiro eu vou me aproximando

              
G7                     
C

Com licença moçada de longe eu vou gritando

                      
G7                       
C

E o cancioneiro das coxilhas que aqui já vai chegando

Int.

                
G7                     
C

E quando o galo canta no romper da madrugada

               
G7                  
C

Lidando na mangueira junto com a peonada

               
G7                       
C

Tomado um bom amargo no baio eu jogo a encilha

               
G7                      
C

E alegre se despede o cancioneiro das coxilhas

Int.

 



Artista/Compositor: Os Serranos

 
Portal Amigos da Tradição - 2004 | 2020 - WebMaster: Jonatan S. da Costa