www.amigosdatradicao.com.br
 


 
 
Busca
 
 
Menu
  Página Inicial
Vocabulário
  Oração do Gaúcho
  Adágios Gaúchos
  Anedotas de Gaúcho
  Dicionário Gaúcho
  Ditados Gaúchos
  Expressões Gaudérias
Costumes
  Churrasco
  Culinária
  Chimarrão
Cavalos
  Origem do Cavalo
  Nomenclatura
  Pelagem
  Fotos
Cultura
  As Lendas Gaúchas
  Os Mitos Gaúchos
  Danças Tradicionalistas
  Indumentária Gaúcha
  Tradicionalismo
História
  Cronologia Histórica
  Estrutura de um CTG
  Gaúcho e sua Origem
  Princípios Gaúchos
  Comportamento
  Ética Tradicionalista
  O Tropeirismo
  Formação da Estância
  Guerra dos Farrapos
Poesias
Músicas
  Cifras
  Letras
  Grupos Gaúchos
Galeria de Fotos
 
Participe do Portal
 
 
Receba Notícias por e-mail
 
Nome:
E-mail:

Adicionar Remover

 
Registro da Marca
   
Lista de Adágios
 
  Pelear como quem dança em surungo de china
  Perfumado como mão de barbeiro
  Pior que a filha casar com nordestino
  Pior que cair do cavalo
  Pior que cusco que caiu do caminhão da mudança (pra casa antiga não adianta voltar, a nova ele não sabe onde é!)
  Pior que jacaré sem lagoa
  Pior que ter mãe na zona
  Pisar mais firme que delegado novo em chineiro
  Pular de pau em pau como coruja em corredor
  Que nem carro de funebreiro: só leva
  Que nem casa de esquina, dá pros dois lado
  Que nem corvo em carniça de vaca atolada
  Que nem luva de maquinista, tão folgada que qualquer um bota a mão
  Que nem serra-elétrica, não pode ver pau de pé
  Que nem tartaruga de poço, só esperando o golpe do balde
  Que nem trigo: lindo de se vê mas só dá uma vez por ano
  Que nem vara verde, pende para o lado que está o vento
  Quem gosta de aglomeramento é mosca em bicheira
  Quente como frigideira sem cabo
  Rebola mais que minhoca nas cinzas
  Rebolear as ancas como avestruz repontada
  Reto que nem goela de João-grande
  Sabido como sorro velho (O sorro ou guaraxaim perde o pêlo mas não perde as manhas; diz-se do líder que sempre acha um jeitinho para acomodar as coisas, ou cair fora dos compromissos assumidos)
  Se espalhou como pó de mangueira em pé de vento
  Seca como tiro de 12 cano-serrado
  Sério como guri que examina galinha para ver se tem ovo
  Sério que em defunto
  Sério que guri cagado
  Sincero como vaca pro touro
  Sofrer como joelho de freira na Semana Santa
 
[Página 10 de 11]
 
Páginas:  1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11
 
Portal Amigos da Tradição - 2004 | 2017 - WebMaster: Jonatan S. da Costa