www.amigosdatradicao.com.br
 


 
 
Busca
 
 
Menu
  Página Inicial
Vocabulário
  Oração do Gaúcho
  Adágios Gaúchos
  Anedotas de Gaúcho
  Dicionário Gaúcho
  Ditados Gaúchos
  Expressões Gaudérias
Costumes
  Churrasco
  Culinária
  Chimarrão
Cavalos
  Origem do Cavalo
  Nomenclatura
  Pelagem
  Fotos
Cultura
  As Lendas Gaúchas
  Os Mitos Gaúchos
  Danças Tradicionalistas
  Indumentária Gaúcha
  Tradicionalismo
História
  Cronologia Histórica
  Estrutura de um CTG
  Gaúcho e sua Origem
  Princípios Gaúchos
  Comportamento
  Ética Tradicionalista
  O Tropeirismo
  Formação da Estância
  Guerra dos Farrapos
Poesias
Músicas
  Cifras
  Letras
  Grupos Gaúchos
Galeria de Fotos
 
Participe do Portal
 
 
Receba Notícias por e-mail
 
Nome:
E-mail:

Adicionar Remover

 
Registro da Marca
   
Anedota: Mentirosos
 
Dois mentirosos.
Diz o primeiro:
- Compadre, nem lhe conto.
Tinha uma vaca do vizinho que não respeitava cerca nem nada e entrava no jardim aqui de casa estragando tudo.
Acontece que eu tinha uns pés de pimenta, da brava, carregadinhos.
Sabe o que eu fiz?
- Moí uns três quilos e botei em riba da grama.
Foi tiro e queda. A vaquita pastejou e nunca mais me apareceu.
Fui ver o que houve com a danada lá no vizinho.
Se conto tu não acredita: pimenta mais brava que essa aqui de casa, duvido!
Não é que a bichona tinha ficado diferente das outras do seu Honório: os chifres tinha retorcidos, os olhos vesgos, as ventas mais abertas, de tanto fazê careta...
O outro atochador não quis ficar pra trás.
- Olha, compadre, mentira não é comigo.
Por isso às vezes até nem sei como contar essas coisas incríveis que acontecem na vida.
Veja só. Num Domingo de muito sol peguei o Adel e tocamos pra Caxias.
De longe, na subida da serra da serra, vimos uma máquina com rolo compressor, desgovernada, indo contra um barranco.
Fomos nos aproximando e notamos que um homem estava achatado na faixa.
Era o motorista, por cima do qual o rolo tinha passado: parecia uma folha de papel.
Pegamos ele, dobramos com jeito e colocamos na mala.
Chegndo em Caxias fomos direto à Prefeitura.
Era Domingo, estava fechada. Batemos e nada.
Aí pegamos o homem, desdobramos com jeito e metemos por debaixo da porta.
E o primeiro compadre, refletindo, comentou:
- Incrível, não é, compadre? Quem ouve pensa que é mentira...

 
Portal Amigos da Tradição - 2004 | 2017 - WebMaster: Jonatan S. da Costa